CORAGEM É DESAPEGO

ad3dc91eb8a90b4fc090d5b86e32ee3f
“O correr da vida embrulha tudo.

A vida é assim: esquenta e esfria,

aperta e daí afrouxa,

sossega e depois desinquieta.

O que ela quer da gente é coragem”.

Guimarães Rosa

Se for para desistir no meio do caminho, nem saia de casa. Se for para se render ao medo, nem crie coragem. Se já for pensando em terminar, nem comece. Nada me irrita mais que o meio termo. Se já está na ponta do penhasco, pule! A vida é feita de riscos e só se destaca quem se lança ao desconhecido. Nem sempre será fácil ou trará felicidade, mas é importante correr riscos.

Quem vive de limites são os frustrados, que não conhecem a sensação de se jogar na vida. Que não fazem ideia do valor que tem uma cicatriz. Somente os audaciosos se deixam marcar na pele, na alma e no coração. Nem sempre é uma marca bonita, às vezes custa a sarar, tem até aquelas que doem uma vida inteira, mas todas contam a história de quem não teve medo de tentar.

Eu respeito tanto as minhas cicatrizes, que não me permito uma vida mais ou menos. O morno não me interessa, eu fico com o quente ou o frio, odeio o meio termo. E se, às vezes, me demoro um pouco mais, é para não desistir sem tentar com todas as minhas forças para que dê certo.

Eu ando em busca do que me tira o chão, embrulha o estômago e me deixa sem ar. Eu quero a gargalhada, as conversas leves e o sono tranquilo. Quero a saudade repentina, o abraço possível e a felicidade das coisas miúdas. Nada menos que isso me interessa. Então, por ora, eu ainda insisto em ficar, mas as possibilidades são infinitas e as oportunidades andam chegando sem nenhum convite. Se for para ser, que aconteça logo e que me encante sem delongas, porque depois que eu for, não tem mais volta…o meu caminho é só de ida.

Anúncios